Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Margarida Diogo Barbosa

Um blogue que aborda os recursos humanos numa perspectiva de todo.

18
Mar21

Talento

02ebd312f5dcc2f32cfb2cd797146434.jpg

Um dia, uma das minhas melhores amigas pediu-me que ajudasse o marido a fazer o Curriculum Vitae. No fim, perguntou-me onde é que tinha desenvolvido tal talento* e eu simplesmente respondi-lhe que intuitivamente eu via onde é que as palavras deviam encaixar. Voltei a pensar nesse momento.

Embora tenha uma razão astrológica para enquadrar a minha mente que gira em torno das palavras, a verdade é que este post não é sobre Astrologia; nos últimos tempos tenho pensado muito sobre se de facto não tenho algo inato* para construir informação curricular e depois lembrei-me do quanto me sinto “miserável” e aborrecida quando penso que tenho de fazer o meu! Sim “casa de ferreiro, espeto de pau”.

Ora, se eu “gosto” de o fazer para os outros e não para mim, isso significa que muito provavelmente construir um Curriculum Vitae não é um talento meu porque na realidade o que nos é inato não o pode ser por metade. Certo?

Então esta é a questão essencial, não é que eu goste verdadeiramente de construir um Curriculum Vitae. Não é aí que está o meu talento, mas talvez apenas uma skill*. O que me entusiasma é ver o antes e o depois, é descobrir o potencial que está escondido e à espera de aparecer, é tornar visível o que está para além das aparências ou do que os outros que nos querem fazer crer. O meu coração está na descoberta da “pessoa” e não no seu Curriculum Vitae enquanto documento.

Este é um dos meus talentos. É meu, não aprendi e não desenvolvi através da aquisição de conhecimento*. Creio que posso dizer que nasceu comigo. Simplificando, um talento é inato, uma skill não. Um talento nasce connosco, uma skill aprendemos.

No seu caso? Quais foram os talentos que nasceram consigo?

14
Jan20

Autoconhecimento vs Assessment

Desenvolver e implementar uma estratégia de pesquisa de emprego de forma sistematizada, mensurável e planeada não é uma tarefa complexa, mas requer compromisso e como condição prévia processos bem estabelecidos de autoconhecimento.

Conhecermo-nos bem significa que somos capazes de escolher melhor segmentos de mercado, ambientes organizacionais e muito essencialmente projetos de carreira e de vida. Quando somos capazes de ter essa “dose extra” de honestidade pessoal, estamos preparados para gerir de forma mais eficaz a nossa carreira, e para crescer pessoal e profissionalmente.

A minha experiência como recrutadora ensinou-me que a larga maioria dos profissionais não faz este trabalho prévio e nem sequer está ciente ou desperto para a necessidade de uma maior consciência interior ou tão simplesmente para o facto de que talvez as adversidades circunstanciais na profissão possam ser apenas um sintoma de algo maior e mais complexo. Poucos estão munidos das ferramentas internas para este processo de consciencialização.

Ao longo do último ano, ao trabalhar com os assessments da Thalento, o meu objetivo primordial foi ajudar os profissionais que solicitavam auxílio para começarem este caminho que é sem dúvida sinuoso, mas benéfico, a médio e longo prazo. Um assessment que nos permite olhar para os 30 principais indicadores da nossa personalidade dá-nos certamente a oportunidade de racionalizarmos quem somos, mas também como podemos projetar quem queremos ser, seja a nível profissional ou mesmo a nível pessoal.

Durante o mês de Janeiro estou a realizar 1 sessão com assessment incluído. Se pretende saber como se pode inscrever, envie-me um email para mbarbosa@globapartner-hrs.pt.

Sobre mim

foto do autor

Biografia

Este blogue é o resultado do meu percurso enquanto especialista em recursos humanos.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D